Equipe

 ATUAIS:

Bárbara N. Honorato de Sousa

Ingressei no curso de Filosofia da UNB (Universidade de Brasília) no primeiro semestre de 2015 por meio do SISU (Sistema de Seleção Unificada do ENEM). Atuo no CED 03  (Centrão) do Guará II. Entrei no PIBID no segundo semestre da graduação e ele me proporcionou e me proporciona uma grande experiência de já poder antes mesmo do estágio obr13495246_1057011141061414_5943903194619642399_nigatório, vivenciar o dia a dia de uma escola, aprendendo a cerca de aspectos didáticos e pedagógicos. Além desse aspecto, consigo observar sob uma nova perspectiva , a de docente, o como a Filosofia pode ser transformadora na vida das pessoas, não no sentido de dar a ela uma finalidade, mas de ela ser um fim em si mesma.

 

Angelo Palhano

100_0735 Ingresso no curso de Filosofia (Licenciatura) UnB no 2º semestre de 2012, atuo no Centro Educacional 02 de Sobradinho. O âmbito da escola outorga uma melhor percepção dos problemas e demandas vigentes, mas também, proporciona ao docente elaborar suas atividades dentro da escola com maior primor. Gosto muito de uma metáfora de Brayner sobre a educação, da qual ele afirma que a vida pode ser comparada a uma peça teatral. Inserir-se no mundo, afirma ele, é como entrar em uma peça teatral depois de seu começo. Para fazer uma boa atuação, deve-se saber tudo que ocorreu antes para uma melhor orientação. A escola situa os “atrasados”, dando-lhes a oportunidade de conhecer o passado, para uma compreensão consciente do presente.

Emanuelle Souza

10155620_623696464385197_1452969217_nPartiucipante do PIBID: Centro Educacional Elefante Branco – Brasília.
Faço graduação em Filosofia na UnB – 3º semestre, participo do projeto desde abril de 2013, no CED 03 do Guará. O Pibid teve grande relevância na minha vida acadêmica, me fez ver com outros olhos o ensino da filosofia. Nele pude adquirir mais disciplina e responsabilidade tanto como aluna de filosofia como “pibidiana”, além de poder sentir o gostinho de ser professora. O projeto tem proporcionado conhecimento para todos: ao professor da escola, ao aluno que participa do Pibid e ao aluno da escola participante. É necessário muita dedicação e todo o esforço que tive valeu muito à pena.

Gabriel Mosna

1499574_613428025416051_942968542_n

Data de ingresso na graduação em filosofia (licenciatura): 2º semestre de 2012.
Data de ingresso no PIBID: 2º semestre de 2013.
Atuo no Centro Educacional 03 (“Centrão” no Guará) desde meu ingresso. O PIBID vem mudando minha visão sobre docência desde então e para melhor, tendo em vista que antes do projeto, a ideia de ser professor não me animava tanto. Apesar de não concordar com o caráter institucional da escola e reconhecer que a educação proveniente desta é apenas uma singela parte (porém muito fundamental) do nosso aprendizado durante a vida, vejo uma enorme importância em despertar a vontade por uma reflexão filosófica nos estudantes do ensino médio e tentar plantar uma semente de emancipação em cada um e em mim mesmo, tendo em vista que o ensinar também é aprender.

Jéssica Arrelaro  

Graduanda em licenciatura em Filosofia – 3º semestre, participo do projeto desde a sua implementação (junho de 2011), na equipe do CED 02 em Sobradinho. Surpreendi-me muito com as experiências que o PIBID – FIL pôde me proporcionar, adentrar uma sala de aula investido na figura de um professor é muito mais denso do que se pode pensar, é uma experiência constante de responsabilidade, respeito e cooperação. Acredito que o projeto proporcione tanto para nós, graduandos, quantos aos alunos dos colégios uma relação de construção de conhecimento, como também um exercício de aprendizagem através das dificuldades. É incrível!

João Renato 

1977343_1419342754989278_425279320_nIngresso na UnB no segundo semestre de 2012.
Ingresso no PIBID no primeiro semestre de 2014.
Para mim está sendo uma grande oportunidade participar do projeto , pois é de fundamental importância que nós estudantes dos cursos de licenciatura tenhamos a experiência com a sala de aula e seus desafios durante nossa formação.

Kalil Palhano

1613947_604565446304470_1301675909_n Ingressado na graduação e licenciatura em filosofia no primeiro semestre do ano de 2012 e participante do projeto de iniciação à docência no Centro Educacional 02 de Sobradinho – DF. Dos objetivos estabelecidos pela CAPES, me pareceu relevante o incentivo à valorização do magistério. Para tal, o projeto proporciona à relação dinâmica discente-docente um novo direcionamento político-pedagógico na medida em que ambos se percebem numa mesma condição. “Trabalhando contra nós mesmos sempre sairemos derrotados” (Genival Oliveira Gonçalves – GOG).

Kelvlin Medeiros

Lijoijdsacenciando em Filosofia pela Universidade de Brasília, escolhi participar do PIBID pois acreditava que o projeto me fornecesse algo que, infelizmente, a preparação acadêmica não oferece: a vivência no dia-a-dia das escolas. Por meio desta vivência – proporcionada no Centro Educacional 02 de Sobradinho -, hoje consigo destacar a grande diferença e, de certa forma, a fragilidade que apresenta tanto o ensino universitário quanto o ensino básico de filosofia. Embora hajam diferenças gritantes entre o ensino universitário e o básico, os desafios da vida docente me cativam a cada dia que passa e me motivam cada vez mais a exercer a profissão de docente com dedicação e responsabilidade, pois, como já dizia Aristóteles, “a educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces”.

Lana Ellen Tavares de Sousa

sadfIngressei no curso de Filosofia através do vestibular no 1º semestre de 2013. Participo do PIBID desde o 2º semestre de 2014 na escola CED 03 do Guará. Busco conhecimento para uma boa formação e um bom trabalho como futura professora, acreditando na mudança, no encantamento e do vasto conhecimento proporcionado pela filosofia.

Laís Alves Sobrinho

Grsadfaduanda do 3º semestre de Filosofia – UnB, atuo no

Centro Educacional 01 de Sobradinho –DF. Com o intuito adquirir mais experiência e de conhecer a realidade do exercício da docência desde o começo da graduação, ingressei no PIBID no segundo semestre de 2014, e acredito que esta é uma grande oportunidade de repassar os aprendizados e aprender, lidando com os conflitos e com as dificuldades encontradas durante o processo de ensino.

Laise Cabral

 Ingressei no curso de Filosofia licenciatura pelo SISU no sadf1º/2014 e desde meu segundo semestre de curso participo do PIBID no CEM 03 de Taguatinga. Sou estudante por realização, advogada por profissão e pretensa filósofa-professora por desejo de transformação.

Lorena Fiungo

sadf
Ingressei no curso de Filosofia/UnB no 2º/2012 e estou no PIBID desde 2013. O projeto tem me proporcionado conhecer o que é ser um docente na atualidade. Por meio das experiências adquiridas em sala, procuro me aperfeiçoar e me preparar para encarar a realidade da sala de aula.

         Luan Araujo

485467_10203509876007214_1458160009_nGraduando do 6º semestre da licenciatura em Filosofia, membro do Centro de Ensino Médio 02 do Gama. Atuando desde março de 2014 na escola, o PIBID é o projeto mais inclusivo da filosofia, pois leva a universidade a escola e a escola é levada à universidade.

Milton Neto

Estudante do 6º semestre, participo da equipe de Sobradinho. A experiência no PIBID reforçou a concepção da escola como lugar de formação, papel que não está sendo cumprido devidamente. A perspectiva privilegiada que temos na escola é central para nos instigar a buscar novas práticas e métodos, sempre considerando aspectos teóricos que possam ajudar a pensar o lugar das regionalidades e particularidades que a educação deve respeitar

Mayã Fernandes

1017125_612614378830652_464494840_nGraduanda em licenciatura – 6° semestre, faço parte da equipe que atua no Centro educacional 01 de Sobradinho DF. A experiência de estar presente em sala de aula na posição de educador nos proporciona várias sensações. Costumo dizer que vivemos em uma tragédia grega, onde o trágico tornar-se comédia e a comédia permanece na energia dos alunos. O projeto PIBID-FIL possibilita o acompanhamento dos estudantes até o seu ingresso na universidade. É a ajuda amiga de quem há pouco tempo atrás, estava na mesma posição.

EX-BOLSISTAS:

10152631_666498280079608_1162845478_n

Alana Alvarenga

Formada em Filosofia pela UnB, ingressou no PIBID- filosofia em novembro de 2012. Bastante interessada e preocupada com as questões da educação com o enfoque no ensino de filosofia, tanto na Universidade quanto em outros seguimentos. Escolheu a docência como profissão e busca capacitar-se dia a dia para tal. Encara a formação acadêmica e filosófica como possibilidade de mudança e evolução do ser humano.

Kristophi Gonçalves Dias

10154197_524723297637838_1206381357_nIngresso no PIBID: 2 semestre de 2013. Ingresso na UNB: 2 semestre de 2012. Escola: C.E.M. 02 Gama. O PIBID tem me proporcionado a oportunidade de aprimoramento no que diz respeito à docência, uma vez que o curso de filosofia na UnB não possui matérias que visam o preparo dos futuros professores. Antes de entrar no projeto eu não tinha interesse de atuar no ensino médio após minha formação acadêmica. Todavia, hoje tenho esse desejo em mente. As escolas que são contempladas pelo PIBID tem demonstrado resultados significativos no aprendizado da filosofia pelos alunos. Espero fazer um excelente e produtivo trabalho nessa nova etapa que está iniciando.

Loryne Viana11076864_10203935368040358_584567018_n

Ex-bolsista do projeto, atuou em 2011-2012 no Centro Educacional 02 de Sobradinho. É Professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Brasília – IFB, e Coordenadora Geral de Ensino do Campus Ceilândia. Em 2013 teve experiência em ensino de filosofia no contexto do ensino médio tradicional na Secretaria de Educação do DF. Atualmente realiza pesquisa de mestrado na área de ciência, tecnologia e sociedade na UFSCar.

Luciano Lira

1926759_1461823477380576_1095409026_s  Tem interesse em educação, principalmente dado a possibilidade de resgatar seu sentido estruturante e sua relação com o trabalho, as suas possibilidades criativas e emancipatórias. Atuei no Centro de Ensino Médio Elefante Branco – CEMEB.

Luis Henrique

181882_296372927118693_880754888_n

Licenciando do 6º semestre de Filosofia. Faço parte da equipe de Taguatinga com atuação no C.E.M 03. A oportunidade de participação no ambiente escolar oferecido pelo PIBID contribui para a formação de professores melhores e para a valorização da Filosofia nas escolas. Nesse sentido, o projeto fornece condições indispensáveis para a transformação do ensino de Filosofia e, mais ainda, da sociedade.

Maisa Fidelis

10014452_660646187304626_721922321_oIngressa no curso de Filosofia (licenciatura) da UnB: 2º semestre 2012. Integrei o PIBID no: C.E.M 01 do Paranoá.Participante também do projeto Re(vi)vendo Êxodos como monitora.Comecei ano passado no projeto na escola CED 03 DO Guará II. Acredito que a docência é bem mais que teoria é muito amor.Sempre tive interesse pela área da educação e acredito muito no potencial dos estudantes.A vivencia na sala de aula me torna cada vez mais motivada a aprender.

Marley Fernandes Medeiros

1780215_616092791808093_1805325657_o

Data de ingresso no curso de Filosofia (licenciatura) da UnB: 1º semestre 2011. Membro do PIBID de filosofia na escola: Centro Educacional 02 de Sobradinho – DF.
Além da área acadêmica, integra também a rádio comunitária Utopia FM, a banda The Nóis e a Trupe Por Um Fio na cidade de Planaltina DF, o projeto Escola Livre de Filosofia na UnB.
Tenho bastante interesse na área da docência, pois é, de fato, uma área que necessita ser pensada, melhorada e valorizada em vários aspectos. O PIBID proporciona o aprendizado no que se pode/deve fazer e, mais importante ainda, no que não se pode/deve fazer durante o exercício da docência, como o Professor e Coordenador do PIBID DR. Pedro Gontijo propõe à nossa reflexão nas reuniões.

Patrick Martins de Carvalho

1001576_650455895027316_375585417_n

Entrei no PIBID em agosto de 2012 e trabalhei no CEM 03 de Taguatinga sul. O programa me permitiu conhecer melhor o espaço escolar e, a partir dessa aproximação, enfrentar os problemas educacionais de perto e aprender a lidar, desconstruir e buscar alternativas para superá-los.

Samuel Garri1524636_383979221745361_363445752_ndo

Ex-participante do PIBID: Centro Educacional Elefante Branco – Brasília/DF. Estudante de licenciatura ingressado na Universidade de Brasília no segundo semestre de 2012. Vejo na docência uma possibilidade de tornar suportável o reflexo da atual condição “do homem”, um ente essencialmente perdido que enquanto tomar consciência da sua própria condição, procurará encontrar-se. Sendo assim, a educação e o magistério no âmbito da filosofia, ao meu ver, tornam-se importantes na tentativa de estabelecer uma possível interpretação lúcida do “mundo”, esta última a partir de uma troca de informações, aprendizagem e reflexão mútua. “O fato de o homem assumir pontos de vista não diz no fundo outra coisa a não ser que o homem procura encontrar-se.” ( Vilém Flusser- Fenomenologia do brasileiro).

Savoy Saboia e Saboia

1505473_661621777207067_194397616_n

Graduando de Filosofia com formação em História, fiz parte do PIBID desde outubro de 2012, atuando primeiramente no CEM 02 do Gama e posteriormente no CEM 03 de Taguatinga. O programa me proporcionou momentos de aprendizagem únicos que são indescritíveis para mim. Aprendi e continuo aprendendo com todxs meus/minhas colegas, professorxs e coordenadorxs. Penso na docência como a mais bela atividade.

Prof.Antônio Kubtschek – CED 03 Taguatinga

Profa. Carmen Lúcia – CED 02 Sobradinho

Prof. Heitor Silva – CEM 02 Gama

Profa. Gilvaci – CED 03 – Guará

Prof. Guilherme Kubiszeski- CEAN – Brasília

Prof. Vinicius Silva – CEM 01 – Paranoá

Pedro Gontijo

servletrecuperafotoProfessor do Departamento de Filosofia da Universidade de Brasília, onde leciona na graduação em Filosofia. Trabalha com disciplinas como: Estágio Supervisionado na Licenciatura, Ética, Filosofia Contemporânea, Filosofia Política e eventualmente outras disciplinas, coordena o Subprojeto de Filosofia do – Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID/CAPES/UnB. Desenvolve atividades de pesquisa na área do Ensino de Filosofia , Filosofia da Educação, Ética e Filosofia Política. Possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1993), mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (2003) e Doutorado em Filosofia da Educação pela UNICAMP (2008). Foi professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal (1996 – 2006). É membro da Comissão Brasileira Justiça e Paz – CBJP, organismo vinculado à CNBB. É diretor da Associação de Comunicação e Cultura do Gama.Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Ensino de Filosofia no Ensino Médio e Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de filosofia, educação, Psicodrama, integração e criatividade, filosofia da extensão, ética e filosofia política.

3 respostas em “Equipe

  1. Prezado Professor Pedro Ergnaldo Gontijo, sou licencianda em Filosofia pela Universidade Federal de Ouro Preto (MG), faço parte do Programa de Estímulo à Docência, e também da comissão organizadora do ENPEFFE (Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Filosofia e Filosofia da Educação. Gostaria de convidá-lo para o evento em nome do nosso Presidente da Comissão Organizadora: Prof. Sérgio Miranda, mas não consegui encontrar seu endereço de e-mail em lugar algum. Peço que por grande gentileza o Senhor Professor me passe o endereço de e-mail para que eu possa enviar o convite. Obrigada.

Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s